Tirando Dúvidas sobre Coaching

Tirando Dúvidas sobre Coaching

Tirando Dúvidas sobre Coaching

Olá! Como vai? Em primeiro lugar quero agradecer por ler este artigo. É muito gratificante poder escrever periodicamente com o intuito de ajudar pessoas como você. Sem a sua leitura, meu trabalho não teria o menor sentido e sou muito grata por ter você aqui comigo.
No mês passado, publiquei um artigo no qual mencionei que estava recebendo muitas dúvidas através de minhas redes sociais, acerca de questões levantadas aqui ou em outros meios.

No artigo de hoje, estou de volta para trazer as que mais recebo e fazer, da coluna de hoje, uma parte 2 da que eu fiz no mês passado. Vamos lá?

Coaching é Psicologia?
Não. Diferentemente da Psicologia, o Coaching fará uma análise do seu Estado Atual (Presente) e, nas sessões, serão desenvolvidas estratégias para que você chegue no seu Estado Desejado (Futuro). Ele tem o foco na SOLUÇÃO e não no PROBLEMA. A Psicologia possui o foco em questões do passado e mais profundas. Um bom coach não entrará na seara psicológica, deixando isso, para quem é formado em psicologia.

Coaching é Treinamento ou Curso?
Não. Um curso ou treinamento transfere informações e conhecimento de um especialista (o instrutor) para seu aluno (o cliente), normalmente focado em habilidades específicas para resultados imediatos. Já o processo de Coaching trabalha de maneira totalmente oposta, encarando o cliente como especialista e detentor das respostas, incentivando-o a assumir a responsabilidade pelos seus resultados, produzindo mudanças positivas e duradouras.

Coaching é igual ao Mentoring?
Não. No processo de Mentoring, um profissional sênior, considerado mais capacitado e com maior conhecimento, atua como modelo e conselheiro de um profissional com menos experiência. Tanto o Coaching como o Mentoring trabalham com o foco no futuro. Entretanto, no Mentoring as respostas estão no mentor, no Coaching as soluções são sempre encontradas pelo cliente.
Apesar do processo de Coaching possuir, em alguns momentos, semelhanças com os processos descritos acima, a diferença mais importante é que, no Coaching, as respostas que o cliente busca nunca estão no coach, mas nele próprio.
O Coaching não ensina o caminho das pedras, não tira conclusões e não apresenta soluções. O coach é o facilitador que auxilia seu cliente, convidando-o a se autoanalisar, a se descobrir e maximizar seu próprio potencial.

Pessoas pulando e se abraçando é Coaching?
Não! Isso são técnicas motivacionais (que podem ter eficácia em determinadas situações) que ajudam as pessoas naquele determinado momento. O Coaching auxiliará o cliente numa mudança CONSISTENTE e DURADOURA e não somente pontual. Cuidado com coaches que o incentivam a abraçar, pular, tocar, etc. Isso não é Coaching!

Consigo resolver QUALQUER problema com Coaching?
Não. É uma pergunta muito interessante. O processo de Coaching é uma metodologia que visa o alcance de METAS. A maioria dos problemas se resolvem durante o processo já que o cliente (coachee) passa a ter mais disciplina e foco em suas METAS e não em problemas

Quais tipos de Coaching existem?
O Coaching é apenas um, porém no Brasil se feito da forma correta, é subdividido em 3:

Coaching de Vida: Contratado diretamente por uma pessoa que quer alcançar (ou mudar) algo em sua VIDA, o processo é feito através de mudança de novos comportamentos ou então para adquirir comportamentos que a pessoa precise desenvolver. Nesta opção será trabalhada uma meta pessoal. Posso realizar este trabalho na sua vida? Sim, além de ser formada em Coaching de Vida, possuo as formações em Executive Coaching e Master Coaching (Inteligência Emocional)

Coaching Executivo: Contratado por Pessoa Jurídica. Geralmente é adquirido pelo RH da empresa para executivos, diretores, vice e presidentes. Para que exista um processo de Coaching Executivo, necessariamente a empresa PRECISA ter MODELO DE COMPETÊNCIAS definidos para os cargos em questão. Definida a meta, serão desenvolvidas as competências necessárias para que o coachee alcance os resultados. Neste caso a meta é da EMPRESA, porém, o profissional que passa pelo processo tem a vantagem de levar isso para sua carreira, afinal, as competências ficam com ele. Posso realizar este trabalho na sua empresa? Sim. Sou formada em Coaching Executivo e, também, em Master Coaching, tornando o processo muito mais rico e de resultados comprovados.

Coaching de Carreira: Este, na realidade, fica entre o Coaching de Vida e o Coaching Executivo. Ele será contratado por uma PESSOA FÍSICA que quer melhorar em sua carreira, galgar uma nova posição ou para fazer uma transição. Está entre os outros dois porque trata questões da carreira, mas, também da vida, porém, deve-se tomar o cuidado para que não se tome mais do que 30% com questões de vida, senão será descaracterizado o Coaching de Carreira. Para que você tenha um excelente Coaching de Carreira, você precisa contratar um Coach que seja formado, também, em Coaching Executivo. Posso realizar este trabalho com você? Sim. Sou formada em Coaching Executivo e, também, em Master Coaching, tornando o processo muito mais rico e de resultados comprovados.

Por que então tem Coaching para tudo hoje em dia?
No Brasil temos o que chamamos de a “farra do Coaching”. Com o intuito de melhor vender o produto o profissional de Coaching acaba descaracterizando o processo. O mercado brasileiro descaracteriza o Coaching a partir do momento que cria nichos para ele, como por exemplo: Coaching de Emagrecimento, Coaching Financeiro, Coaching de Relacionamentos (estes são exemplos de Coaching de Vida.

Espero que tenha conseguido sanar mais dúvidas acerca do que é e o que não é coaching e auxiliado você a tomar decisões mais assertivas em sua vida.
Eu sou a Master Coach Karine Gallo e eu ajudo pessoas a conquistarem melhores resultados em suas vidas através da metodologia Coaching. Até meu próximo artigo e até mais! 

Deixe seu Comentário

Nome
Seu E-mail
Website
Escreva aqui seu Comentário